No momento em que estamos vivendo, a empatia no trabalho está ganhando cada vez mais força. Isso porque é preciso adotar uma nova postura para superar o distanciamento social e garantir que, mesmo de longe, os colaboradores irão se manter engajados e produtivos.

Mas antes de saber como garantir a empatia entre os profissionais, é importante delimitar o que o termo significa.

Em primeiro lugar, é preciso entender que o conceito vai além de se importar com a opinião do próximo. Ele representa a capacidade de se colocar no lugar do outro e absorver para si seus sentimentos, incertezas e temores.

Partindo dessa definição, ter empatia no trabalho significa que gestores e líderes devem saber identificar o que está se passando com os colaboradores para agir da melhor forma possível. Inclusive, suas ações devem se basear nessa troca.

Pensando no cenário atual, é importante lembrar que cada profissional tem a sua realidade. Portanto, cabe à empresa ser empática o suficiente para entender e, principalmente, buscar alternativas para que os trabalhadores continuem se sentindo motivados em suas funções.

Neste artigo, mostraremos alguns sinais de alerta que podem indicar quando o colaborador está precisando de ajuda. Explicaremos também como garantir a empatia no trabalho e o impacto dessa skill na produtividade do seu time.

Boa leitura!

Empatia no trabalho: sinais de alerta para o RH

Os colaboradores podem dar muitos indícios de que não estão satisfeitos com o trabalho. É importante que o RH fique atento a eles, pois além de prejudicarem a sua saúde mental, os sentimentos negativos influenciam diretamente no desempenho das atividades.

Alguns possíveis sinais são:

  • Falta de comprometimento com projetos de longo prazo;
  • Profissionais estagnados na mesma função e rotinas;
  • Falta de interesse em obter crescimento profissional;
  • Falta de paciência para lidar com colegas e parceiros;
  • Funções delegadas para outras pessoas;
  • Dificuldade em cumprir horários e prazos;
  • Pouca ou nula participação em reuniões;
  • Queda de produtividade refletida em números;
  • Desinteresse em sugerir novas ideias;
  • Uso excessivo de redes sociais e telefone;
  • Reclamações com alta frequência;
  • Demonstração de constante insatisfação.

CTA Timesheet 

É importante considerar essas questões porque a falta de empatia no trabalho pode levar ao aumento de demissões. Consequentemente, a empresa pode perder os seus melhores talentos por não estar preparada para lidar com esse tipo de situação. .

Uma estratégia que as empresas podem adotar para saber o que acontece com cada um dos profissionais é realizar uma pesquisa de clima organizacional. Desta forma, é possível entender com clareza as expectativas e frustrações relacionadas ao ambiente de trabalho.

Ações de endomarketing também podem auxiliar, como através de encontros informais e dinâmicas em grupo. Em situações como essas, as pessoas se sentem mais seguras para expressar suas emoções.

Como garantir a empatia no trabalho entre os colaboradores?

Existem várias ações que, ao serem adotadas, auxiliam a desenvolver empatia no trabalho e, principalmente, a melhorar o ambiente, tornando-o agradável para todos.

Confira algumas dicas:

Ouça os colaboradores de forma efetiva

A comunicação aberta é essencial para criar empatia no trabalho. Quando o colaborador percebe que pode falar o que sente sem medo de julgamentos, ele amplia a confiança em relação ao seu líder e também à empresa.

Logo, incentive sua equipe ao diálogo e ouça com atenção o que as pessoas têm a falar. Leve tudo em consideração, mesmo os menores anseios.

Reconheça o valor das perguntas

Exercitar a empatia no trabalho não significa apenas ser um bom ouvinte. É preciso também fazer as perguntas certas para chegar à raiz do problema. Mas, por que fazer isso?

Quando você questiona um colaborador, demonstra estar interessado pelo que ele está falando e sentindo. Assim, na hora de escolher as palavras, seja o mais específico possível, evitando perguntas genéricas.

Não faça suposições

Um colaborador está mais quieto ou irritadiço do que o normal? Antes que você possa julgar e fazer suposições sobre o seu comportamento, procure entender o que está fazendo com que ele haja assim.

Pode ser que ele esteja passando por problemas em casa; ou, pelo fato de estar atuando home office, talvez esteja enfrentando dificuldades para se organizar. Desta forma, ao invés de imaginar diversos cenários, fale diretamente com o profissional e respeite o seu momento.

 

Mostre interesse sincero pelas necessidades da equipe

Você ouviu o seu colaborador e fez perguntas coerentes, correto? De nada irá adiantar tudo isso se você não se interessar pelos seus sentimentos e necessidades de forma genuína.

Absorva o que as pessoas falam e contribua de alguma maneira para que sintam melhores e mais satisfeitos. 

Reconheça o esforço do seu profissional

Outra maneira de desenvolver a empatia no trabalho é adotando ações de reconhecimento para colaboradores.

Vamos supor que um dos sinais de falta de motivação do seu colaborador era o fato de não ser participativo nas reuniões. Após conversas e ajustes no dia a dia, se ele começar a se sentir melhor e apresentar novas ideias, demonstre a sua satisfação. 

Para o colaborador, esse pode ser um grande avanço. Portanto, valorize-o!

Qual é a importância da empatia no trabalho?

A empatia no trabalho está diretamente relacionada a desempenho, produtividade, lealdade e engajamento. Quando líderes e gestores agem de forma empática, o relacionamento se torna mais estreito, melhorando o ambiente como um todo.

Assim é possível aprimorar a gestão de equipes, tendo em vista que as lideranças passam a ser aliadas dos times.

Por consequência, os resultados tendem a ser mais positivos. Os colaboradores se sentem importantes e motivados, enquanto a autoridade e a conexão com os gestores é fortalecida. Já as empresas ganham o comprometimento dos profissionais em oferecer o que eles têm de melhor para o sucesso dos negócios.

A Ahgora conta com uma ferramenta ideal para que você se aproxime dos seus times com o acompanhamento efetivo da jornada de trabalho. Com o Ahgora Leader, os líderes têm fácil acesso ao banco de horas e podem aprovar solicitações da equipe. Tudo de forma automatizada via aplicativo para que você consiga dar mais atenção ao seu colaborador.

Conheça o Ahgora Leader e tenha acesso às informações de jornada em tempo real para atender aos pedidos dos profissionais da sua empresa.

Ahgora leader, mais autonomia para os lideres da sua empresa, mais transparência para o RH

Compartilhe

Leave your comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *