Os colaboradores da sua empresa estão comprometidos com registro de ponto? É comum que ao adotar um sistema de gestão de ponto ou migrar de aplicação os funcionários demonstrem alguma rejeição. Por isso, reunimos algumas estratégias para você engajar os colaboradores no uso do ponto.

Por que os colaboradores resistem à mudança?

Uma reportagem do jornal O Globo demonstra o quanto a resistência a mudanças é prejudicial. Todos do ambiente de trabalho perdem: tanto os profissionais, quanto as empresas.

No texto, o psicólogo Carlos Pereira explica que costumamos encarar a mudança como algo negativo. Por isso, é fundamental apresentar os motivos da mudança ou adesão de novas práticas – inclusive para a gestão de ponto.

Mas, antes de engajar os colaboradores no uso ponto, é necessário aprimorar a comunicação interna como um todo. Um bom caminho é usar gatilhos mentais. A técnica já é muito usada na área de vendas, por ser considerada uma poderosa ferramenta de persuasão. ´

Que tal começar a usar este recurso para estimular a adesão ao ponto entre os colaboradores da sua empresa?

O que são os gatilhos mentais e como direcioná-los ao público interno?

Sempre que precisamos tomar uma decisão fazemos uma análise de acordo com a sua complexidade:

  • No buffet do restaurante, optamos por decisões rápidas, sem muitas análises.
  • Quando vamos comprar um carro ou um apartamento, a decisão leva em conta muitos aspectos. Além disso, consideramos diversos cenários.

É aí que entram os gatilhos mentais, que nos induzem a tomada de decisão.

Portanto, os gatilhos de venda também podem ser utilizados no ambiente corporativo. Listamos abaixo alguns exemplos:

Ofereça atalhos ao colaborador

Antes de a equipe criar objeções em relação ao registro de ponto, você pode direcionar a atenção para os aspectos positivos.

Crie um senso de urgência

O gatilho mental da escassez cria a sensação de perda. Então, você pode usá-lo sempre que desejar os colaboradores façam algo dentro do prazo. O preenchimento do timesheet é um exemplo.

Construa cases que demonstram autoridade

As pessoas confiam em quem é autoridade num determinado assunto ou segmento.

Para ganhar adesão, apresente as vantagens do fornecedor escolhido. Se preferir, pode apresentar os diferenciais em relação às demais aplicações disponíveis no mercado.

Potencialize os influenciadores internos

A prova social é outro gatilho mental que pode ser usado para engajar os colaboradores no uso do ponto. Identifique os colaboradores que despertam a atenção dos demais. Estimule-os a incentivar o uso do ponto.

Passo a passo para engajar os colaboradores no uso do ponto

Para atrair a atenção do público externo as empresas investem em marketing. Quando o foco é o próprio colaborador, chamamos de endomarketing.

Você já planejou alguma campanha para engajar os colaboradores no uso do ponto? Por meio do endomarketing é possível:

  • incentivar o registro da jornada de trabalho,
  • promover a mudança de comportamentos, e
  • conscientizar a equipe quanto ao uso da ferramenta escolhida.

Antes de mais nada, é preciso esclarecer que não existe uma fórmula pronta. Para criar campanhas de endomarketing, as ações vão depender da cultura da empresa, objetivos e perfil do público interno.

Porém, existem alguns passos básicos que ajudarão você a estruturar uma campanha e planejar as ações:

  1. Liste os problemas que deseja resolver;
  2. Elabore um diagnóstico do problema (por que ele acontece?);
  3. Estabeleça metas e resultados que deseja alcançar;
  4. Desenvolva um plano de ação;
  5. Crie uma identidade para a campanha;
  6. Use gatilhos mentais na comunicação da campanha;
  7. Ative a campanha de endomarketing;
  8. Promova ações de manutenção;
  9. Mensure os resultados e avalie o desempenho.

Como lidar com a resistência do time

Vamos usar como exemplo a dificuldade em engajar os colaboradores no uso do ponto.

O problema pode ocorrer porque a empresa ainda usa livro ponto. Sim, apesar de ser uma alternativa ultrapassada, todo hábito leva tempo para mudar.

Outro motivo pode ser pela falta de transparência na cultura da empresa. Exemplo disso é quando o colaborador não tem acesso ao próprio espelho de ponto.

Com um diagnóstico assim, a empresa pode perceber que, antes de mais nada, precisa encontrar uma alternativa mais eficiente.

Agora vamos analisar um outro cenário, em que a empresa já optou por um sistema de ponto eletrônico. No entanto, precisa traçar uma estratégia de sensibilização para engajar os colaboradores. Para resolver este problema específico você pode:

  • Criar uma campanha para sensibilizar os colaboradores;
  • Produzir um vídeo com influenciadores apoiando a iniciativa;
  • Fixar cartazes perto dos equipamentos de registro da jornada de trabalho;
  • Divulgar a novidade e a campanha na newsletter da empresa;
  • Fazer o envio de e-mail marketing reforçando a campanha;

Outro método que pode ser usado para aumentar o engajamento dos colaboradores no uso do ponto é a gamificação. Assim você pode estimular a competição saudável entre os funcionários e valorizar o desempenho da equipe.

planilha - indicadores de RH

Motivos para usar o registro de ponto eletrônico

É fundamental reconhecer os destaques. Aproveite este momento para reforçar os benefícios do registro da jornada de trabalho. Com o sistema fornecido pela Ahgora, por exemplo, é possível:

  • ter total visibilidade sobre a jornada de trabalho dos colaboradores;
  • acompanhar as informações em tempo real;
  • ampliar a transparência das relações profissionais;
  • aumentar a produtividade.

É importante demonstrar que o registro da jornada de trabalho é mais do que uma obrigação legal. Lembre que esta é uma maneira de resguardar os direitos do colaborador. Afinal de contas, é por meio do registro que o colaborador comprova pontualidade e assiduidade.

Já a empresa passa a identificar gargalos de produtividade. Ou até mesmo a necessidade de ampliar a equipe.

Com essas referências você já pode implantar um sistema de registro de ponto ou migrar para uma nova aplicação. A Ahgora possui uma metodologia própria de Apoio à Gestão de Mudança para apoiar os clientes neste processo.

Se você é cliente, converse com o seu Customer Success Manager. Se ainda não, entre em contato com nossos consultores para saber mais sobre essa facilidade.

Compartilhe