O momento de demissão de um colaborador é um dos mais delicados para os gestores. Porém, a entrevista de desligamento pode trazer informações importantes sobre a empresa, já que o profissional se sente mais confortável para informar sobre alguns processos, pois não faz mais parte do quadro de funcionários.

Se preferir, você também pode ouvir o post. É só clicar no player.


 

A conversa com funcionários pode ser interessante para descobrir falhas e processos que precisam ser aperfeiçoados, porém, como eles ainda estão na empresa, os resultados não são tão satisfatórios. O mesmo não acontece quando um ex-colaborador é entrevistado, pois ele não está mais preso a nenhum administrado ou colega, o que resulta em informações mais precisas.

Neste artigo, vamos entender o que é a entrevista de desligamento e qual é a importância de realizá-la. Além disso, veremos como deixar esse processo mais eficiente.

O que é a entrevista de desligamento?

A entrevista de desligamento é um processo realizado com os funcionários que saem por vontade própria da empresa ou por demissão. Ela tem o objetivo de receber um feedback sincero dos antigos colaboradores, fornecendo informações relevantes para melhorar o clima organizacional.

Como esse colaborador não tem mais vínculo empregatício, ele pode se sentir mais tranquilo para comentar sobre os processos da empresa. Esse é o momento para descobrir a opinião deles sobre o relacionamento com os líderes e colegas, assim como sua percepção sobre o clima e a cultura organizacional do negócio.

material rico - checklist de desligamento

Qual é a importância de realizá-la?

A realização da entrevista de desligamento é fundamental para o destino do negócio. Ela traz vantagens para vários setores da empresa e contribui na melhoria dos processos. Você pode usá-la para melhorar a gestão de equipes criativas e otimizar os resultados da sua agência. Vamos conhecer alguns desses benefícios!

Oferece a chance de melhorar a cultura organizacional

Ao conhecer melhor as frustrações e apontamentos de seus colaboradores, a empresa consegue identificar o que está funcionando e o que não dá resultados em sua cultura organizacional. Desse modo, é possível encontrar maneiras de melhorar esse ambiente, estruturar equipes e proporcionar uma gestão mais produtiva e saudável.

Ajuda a identificar os problemas na gestão

A saída de um colaborador nem sempre representa falta de capacidade ou comprometimento, já que ele pode ser demitido ou escolher sair. É importante conversar com os dois grupos, mostrando os motivos do desligamento e entendendo a vontade de deixar o negócio.

Problemas como falta de visão, estratégia, desorganização e pouca habilidade na gestão de projetos deixam os profissionais desanimados, sem ver possibilidade de crescimento, o que atrapalha o rendimento de bons colaboradores. Durante essa conversa, é possível detectar os principais problemas e trabalhar para evitá-los.

Possibilita a redução do turnover

Se você não sabe o que é o turnover, é importante entender como ele afeta a empresa. Quando esse número é alto, demonstra que existe alta rotatividade entre os colaboradores. Isso pode ser prejudicial para o negócio, já que os talentos são perdidos e os processos precisam ser ensinados constantemente, o que diminui a efetividade.

A entrevista de desligamento ajuda a identificar quais são as falhas de gestão de pessoas que fazem os colaboradores se demitirem e não se engajarem com os objetivos do negócio. Com esses dados, você pode montar uma equipe de sucesso na agência e evitar os principais erros de gestão.

Como realizar uma entrevista de desligamento eficaz e cuidadosa?

Para facilitar esse processo no seu negócio, vamos trazer algumas dicas sobre como fazer uma entrevista de desligamento. Lembre-se de que esse momento é importante para a empresa e que alguns cuidados devem ser tomados. Confira nossas sugestões!

Pergunte se o colaborador deseja participar

É importante ressaltar que essa conversa não deve ser imposta ao colaborador. A decisão de participar ou não da entrevista deve ser do profissional. Se ele não quiser fazer parte, não insista. O bom relacionamento é sempre importante, pois ajuda a melhorar a imagem da organização no mercado de trabalho.

Escolha o momento ideal para realizá-la

Realizar a entrevista antes do desligamento não é uma boa opção. Nesse momento, o colaborador ainda pode estar chateado e com o emocional abalado, o que prejudicará a qualidade das respostas. Além disso, ele estará cara a cara com colegas, podendo gerar um clima de desconforto caso algo mais sério seja comentado.

O ideal é agendar a conversa para outro dia que o profissional esteja disponível, já que os ânimos estarão mais calmos e ele poderá trazer informações relevantes de maneira imparcial. Isso ajuda a garantir resultados melhores para a organização.

Planeje o que será perguntado

Para aproveitar ao máximo esse momento, é importante fazer um planejamento de como será a entrevista e elaborar um roteiro de perguntas. Isso garante que os pontos principais não serão esquecidos. Busque incluir questões que abordem os seguintes temas:

  • motivo do desligamento (em casos de demissão);
  • imagem da empresa;
  • opinião sobre a infraestrutura do local de trabalho;
  • relacionamento com os gestores e colegas;
  • clima interno;
  • questões que podem ser melhoradas;
  • comunicação interna;
  • dificuldades para o crescimento na carreira;
  • feedback sobre o desempenho do RH;
  • sugestões sobre qualquer tema que interesse o ex-colaborador.

Filtre o conteúdo recebido

Durante essa conversa é normal o colaborador querer desabafar e criticar inúmeros pontos. Portanto, é fundamental saber filtrar as informações, considerando apenas os aspectos que realmente merecem atenção e que podem ser melhorados.

Para chegar até essas informações, você precisa demonstrar interesse pelo que o ex-colaborador está falando. Busque exercer uma escuta ativa e seguir o que foi planejado. Agindo dessa maneira, é possível reunir em um relatório uma série de pontos que otimizarão os processos da empresa.

Neste texto, explicamos o que é a entrevista de desligamento e como ela é importante para melhorar os processos de uma empresa. Esse momento deve ser conduzido com serenidade e muita sabedoria, pois é um processo difícil para quem está sendo desligado e ao mesmo tempo essencial para a continuidade e aperfeiçoamento do negócio.

material rico - checklist de desligamento

Gostou das nossas dicas sobre esse tema? Então, aproveite para contar alguma experiência que você teve nessa área ou tirar dúvidas sobre a realização dessa etapa!

*Este artigo foi criado por Raphael Pires, editor-chefe da iClips, a solução all-in-one para agências, para uso exclusivo do blog Ahgora. 

Compartilhe