Quando determinada empresa conta com um RH estratégico, é aberta uma janela de possibilidades. A gestão de equipe remota deve ser feita com o apoio dos profissionais de Recursos Humanos, para garantir a aplicação das melhores ferramentas. Esse é um desafio que pode ser superado ao pensar em ideias assertivas.

O trabalho remoto é algo que deve ganhar cada vez mais força ao longo dos próximos anos, principalmente devido ao crescimento da modalidade home office. Por isso, é importante que as empresas conheçam alternativas para superar cada uma das dificuldades encontradas. Enfim, é um estilo de jornada que precisa de cuidados para ser bem executado.

Em relação aos profissionais de RH, quando possuem tecnologia de ponta ao lado, conseguem executar tarefas com mais precisão. E assim o setor se torna estratégico, capaz de mostrar novas opções para a empresa e encontrar soluções. Quer saber como funciona a gestão de equipe remota? Entenda os principais pontos a partir de agora!

Se preferir, você também pode ouvir o post. É só clicar no player.

Como funciona o trabalho remoto?

O trabalho remoto é aquele onde os colaboradores não vão até as sedes das empresas para exercer as suas atividades. Assim, os serviços são executados de suas casas. Neste caso, estamos falando dos trabalhadores que atuam em home office, uma modalidade que é tendência para os próximos anos.

Contudo, o trabalho remoto é mais do que isso, é qualquer atividade que é realizada fora da empresa. Portanto, é uma condição onde os profissionais atuam em um coworking ou viajam à serviço do negócio pelo qual são contratados. Por exemplo, um representante comercial que passa um dia em cada cidade executa um trabalho remoto.

Enfim, a principal diferença para a jornada convencional está no local em que as atividades são realizadas. Desse modo, o trabalho remoto engloba tanto o home office quanto atividades realizados em outros ambientes. Ou seja, todo home office é um trabalho remoto, mas nem todo trabalho remoto é um home office.

Levando isso em consideração, as empresas que adotam esse modelo de jornada precisam fazer adaptações para a nova realidade. Existem diversos desafios que precisam ser superados durante a gestão de equipe remota. Mas, com o uso da tecnologia é possível promover uma condição favorável ao trabalho.

Quais os desafios da gestão de equipe remota?

Existem diversos desafios que precisam ser administrados quando a empresa possui equipes remotas. Esse é um tipo de trabalho onde os profissionais não atuam diretamente nas sedes das empresas e dessa maneira podem surgir condições adversas. A seguir você confere 3 questões que devem ser encaradas pelos profissionais de RH em relação a esse modelo de jornada:

1.     Falhas na comunicação

Quando os colaboradores trabalham na sede da empresa, fica muito mais fácil para resolver empecilhos que surgem com o tempo de serviço. Por outro lado, a partir do momento em que cada profissional atua de sua casa, isso é algo que muda. Desse modo, falhas na comunicação podem acontecer durante a gestão de equipe remota.

As falhas na comunicação podem ser superadas com o uso de tecnologias que permitem a comunicação por áudio e vídeo. Aliás, a pandemia de Covid-19 foi positiva neste sentido, já que diversas empresas passaram a adotar esse modo de comunicação. Não é a mesma coisa do que presencial, ainda assim, as videochamadas são eficazes.

Elas podem ser feitas nas conversas um para um, envolvendo um gestor e um colaboradores ou com toda a equipe. Desse modo, é possível superar as falhas na comunicação durante a gestão de equipe remota. Aliás, os gestores devem ficar muito mais atentos, já que em alguns casos as mensagens de texto podem ser confusas e gerar ruídos.

2.     Dificuldades para seguir a rotina

Essa característica é válida principalmente para os profissionais que atuam em home office. Afinal, muitos deles não conseguem seguir a mesma jornada. Por exemplo, durante a pandemia diversas empresas adotaram esse modelo de jornada e para isso fizeram ajustes. Seguir a rotina trabalhando de casa é complicado, já que muitas coisas podem tirar a atenção, como conversas com familiares.

Um dos principais desafios para o setor de RH realmente é fazer com que a equipe remota siga uma rotina. Dependendo do tipo de contrato, pode não haver uma jornada de horas diárias de serviço, mas sim de entregas que devem ser feitas. Em outros casos, os profissionais possuem dificuldades para realizar atividades ao longo do dia.

Os gestores devem propor maneiras de melhorar a produtividade individual e da equipe. Afinal, pagar salário e não obter um desempenho satisfatório de cada profissional gera gargalos para a empresa. Isso quer dizer que devem orientar cada trabalhador, sendo que as reuniões online surgem como alternativa viável para isso, ou conversas pessoais, nos casos em que os colaboradores frequentam a sede.

3.     Problemas com o ambiente de trabalho

Alguns profissionais não conseguem apresentar um bom desempenho quando trabalham de maneira remota. Desse modo, os gestores precisam conversar com o colaborador e entender quais são as dificuldades. Às vezes pequenos ajustes podem corrigir o problema e fazer com que a pessoa volte a apresentar um bom desempenho.

Além disso, aquele clima de empresa é reduzido com o trabalho remoto. Assim, cabe aos gestores buscar maneiras e tornar a relação entre colaboradores e empresa mais saudável. As já citadas reuniões virtuais são um caminho importante para isso, assim como existem outras alternativas. A gamificação, por exemplo, é uma ótima escolha.

O ambiente de trabalho remoto nem sempre é propício para o bom desempenho em relação às atividades. Então, dependendo da situação, os gestores podem oferecer computadores, softwares e outras ferramentas capazes de melhorar a produtividade de algum profissional. Lembrando mais uma vez que não estamos falando apenas de home office.

Como fazer a gestão de equipe remota?

O trabalho remoto exige líderes de setores participativos, principalmente em empresas grandes. Quando a atuação deles é adequada, os profissionais de RH conseguem atuar de maneira estratégica, já que não precisam lidar com essa parte burocrática. Por isso, vale a pena incentivar lideranças positivas.

Em relação aos profissionais de RH, propriamente dito, a ideia é que busquem ferramentas para permitir que a jornada seja realizada de forma assertiva. Isso significa encontrar tecnologias que funcionam conforme os objetivos da empresa e técnicas para incentivar os colaboradores remotos.

Enfim, o RH precisa atuar conforme as necessidades da empresa. Por exemplo, uma que presta serviços de instalações de internet por fibra ótica conta com profissionais atuando fora da sede. Assim como os trabalhadores de empresas que realizam consertos. Mas, certamente as necessidades não são as mesmas nos dois casos.

Acompanhe a jornada de trabalho dos colaboradores

Existem softwares que permitem os gestores acompanhar de perto a jornada de trabalho dos colaboradores. O Pontoweb, por exemplo, serve para as batidas no horário que o profissional inicia suas atividades e depois para a conclusão da jornada. Por meio da tecnologia IoT, os líderes podem acompanhar em tempo real essas ações.

Enquanto o Ahgora Timesheet é um sistema para registrar cada atividade executada pelos envolvidos com o negócio. Assim, os gestores conseguem acompanhar o que o colaborador está fazendo a cada instante. É uma maneira de identificar aqueles que estão parados e os que estão produzindo algo. Enfim, podem ajudar com a gestão de equipe remota.

Incentive a produtividade da equipe

Os profissionais que atuam de maneira remota podem contar com alguns incentivos para que entreguem bons resultados a empresa. Desse modo, os líderes de setores podem sugerir bonificações caso as metas sejam batidas. É uma forma de deixar a equipe motivada e interessada em realizar as atividades.

Uma maneira de incentivar a produtividade da equipe remota é por meio da gamificação. É uma forma de promover mecânicas e dinâmicas de jogos para causar engajamento, resolver problemas e tornar o procedimento mais rentável. A ideia é despertar a curiosidade dos usuários, por meio de mecanismos específicos, capazes de trazer um bom resultado.

Tenha ao seu lado as melhores ferramentas para a gestão de equipe remota

A gestão de equipe remota depende do uso de softwares, que conseguem mostrar o desempenho em tempo real de cada colaborador. O Pontoweb fornece resultados precisos, com relatórios que ajudam os líderes a entender o desempenho da empresa. É algo muito vantajoso para negócios que possuem trabalhadores fora das sedes.

O armazenamento em nuvem é excelente para esse estilo de jornada, já que os colaboradores e gestores conseguem acessar as informações de qualquer lugar do mundo. A única exigência é uma conexão com a internet. A partir disso, podem fazer seus registros de ponto, solicitar férias ou mesmo entregar atestados por faltas.

Vale a pena investir nessa questão, o dinheiro retorna rapidamente para os cofres da empresa. Afinal, os colaboradores passam a desempenhar os seus papéis com mais rapidez e isso agrega resultados ao fim do mês. Aqui na Ahgora você encontra ferramentas ideias para garantir os melhores resultados ao seu negócio!

Compartilhe

Leave your comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *