Qual o bem mais importante das empresa? As pessoas! Mesmo que a empresa fique sem estoque, energia elétrica, água ou internet, as operações podem continuar – mas sem um time, nada acontece. É esse conjunto de forças e conhecimentos que chamamos de capital humano.

Neste artigo vamos explicar o conceito de capital humano e por que ele está cada vez mais presente. Entenda como a gestão de pessoas se relaciona com os negócios e se torna o diferencial competitivo da empresa.

Antes de mais nada: o que é Capital Humano?

Qual o papel do capital humano nas organizações? O conceito surgiu em 1950, idealizado por Theodore W. Shultz.

A definição de capital humano é:

Capital humano é a capacidade de conhecimentos, competências e atributos da personalidade de uma pessoa ao desempenhar um trabalho de modo a produzir valor econômico.

Ou seja: é o conjunto de atributos conquistados por um colaborador por meio da educação e experiência. Por isso a gestão de capital humano (HCM – human capital management) está atrelada à gestão de conhecimento.

Resumindo: capital humano é o conjunto de

  • capacidades
  • habilidades
  • conhecimento
  • informação

…de que os funcionários dispõem para desempenhar as atividades de forma efetiva. Mais importante, como as combinam para gerar resultado econômico para a empresa.

Qual a importância do capital humano? Tem impacto nos negócios?

Qual o impacto do capital humano no crescimento da empresa

Ter uma equipe capacitada é fundamental. Mas você se engana se pensa que capital humano se limita às habilidades técnicas. Entram em cena todo trabalho de networking, a memória corporativa, informações de produto e todos ativos imateriais.

Nesse sentido, todo colaborador é necessário ao crescimento da organização, em determinado momento. Saber o momento certo de atrair e por quanto tempo reter talentos é necessário. Dispensá-los da maneira mais amigável possível também.

Quanto investir em treinamento e desenvolvimento humano?

O investimento em formação gera custos para a empresa. Por isso é tão importante calcular o retorno sobre investimento (ROI) cada vez que uma decisão for tomada.

O conhecimento gerado para o colaborado é essencial ao crescimento da empresa? Se a resposta for sim, o RH deve advogar a favor do incentivo (inclusive financeiro) ao estudo. A empresa deve investir em treinamento e cursos para cada ‘recurso humano’ de que ela dispõe. 

Contudo, o RH estratégico de verdade sabe da importância de enxergar além do óbvio. Não esqueça de avaliar junto aos gestores o custo invisível da ausência do colaborador durante a profissionalização. Ela pode sobrecarregar a equipe, por exemplo.

Se parecer complexa a opção de investir no capital humano, saiba que não o é.  Profissionais capacitados e educados:

  • evitam erros de execução;
  • são mais produtivos;
  • ficam mais motivados e satisfeitos.

Quer saber em quem / quando investir? Baixe agora o modelo de avaliação periódica de desempenho do colaborador. A partir destas avaliações você consegue montar o plano geral de desenvolvimento para a empresa.

Baixe agora os templates Avaliação de Desempenho + Plano de Desenvolvimento

Uma forma de promover a capacitação com menor impacto na operação é proporcionar treinamentos internos. Isso alivia o estresse do deslocamento. Também permite treinar várias pessoas de uma só vez. Quebrar um curso denso em seções menores facilita a absorção do conteúdo ofertado.

Humanização nas empresas

Não precisa se aprofundar em teorias econômicas. O mínimo de vivência na área trabalhista deixa claro que são as pessoas que dão movimento ao patrimônio e geram resultados. Logo, é impossível falar de pessoas sem falar sobre a humanização promovida no ambientes de trabalho.

Investir no capital humano é, também, incentivar a humanização da gestão:

Capital humano troca de ideias e capacitação

  • trabalhar constantemente a cultura;
  • promover boas experiências no ambiente corporativo;
  • valorizar o corpo trabalhador;
  • criar um ambiente agradável e amigável;
  • promover a integração entre as equipes;
  • ter uma comunicação eficiente com todos os setores;
  • dar autonomia e promover a descentralização da informação.

Isso tudo gera um impacto positivo nas corporações e na força de trabalho, que se sente mais motivada e se torna mais produtiva. Quer saber mais sobre humanização no trabalho? Leia o post relação sustentável entre pessoas e empresas.

Campanhas de marketing voltadas para o público interno ajuda. Todo esforço para propagar o conhecimento dentro da empresa é válido. Dessa forma, o conhecimento não é perdido cada vez que um colaborador deixa a empresa.

Aplicação do capital humano nas corporações

Você deve estar se perguntando como aplicar o conceito de capital humano na empresa. Preparamos algumas sugestões que podem ajudar você.

Plano de Carreira

Deixar claras as possibilidades de crescimento profissional do colaborador para alinhar expectativas. Definir um plano de carreira pode parecer algo antigo, mas ainda é valorizado em vários segmentos.

Trata-se de estabelecer os caminhos para o desenvolvimentos que cada colaborador vai seguir na empresa. Serve de diretriz para que ele possa investir no desenvolvimento pessoal e profissional.

Empoderamento e autonomia

É essencial empoderar e dar liberdade para que os colaboradores possam tomar decisões. Proporcione aos colaboradores informações e ferramentas para que eles possam atuar livremente. Claro, desde que alinhado a estratégia e expectativas da empresa. Ao empoderar e dar autonomia para que tomem decisões, a empresa ganha mais agilidade nos processos.

Capital humano a importância de lideranças junto à equipe

Capital humano a importância de lideranças junto à equipe

Liderança que inspira

Trazer líderes que inspirem une o time e promove uma maior motivação. Um gestor que faça junto com a equipe e dá o exemplo é inspirador. Os colaboradores precisam perceber que a preocupação nas pessoas é genuína na empresa e pela liderança.

Reconhecimento em bonificação

Remuneração variável pode ser interessante para reconhecer quem desempena bem suas atividades e gerando resultados significativos. Este sistema é baseado na especificação de metas e motiva o cumprimento das mesmas.

Existem várias formas de bonificar. Pode ceder benefícios, porcentagem sobre o salário anual ou pagamento de bônus no final do ano. Vale a pena analisar qual o melhor método para a sua empresa e que irá gerar impacto positivo junto aos seus colaboradores.

Investimento em Capacitação

a importância da capacitação para desenvolvimento do capital humano

Atingir mais e melhores resultados passa pelo investimento em treinamento dos colaboradores. Afinal, profissionais capacitados produzem mais e melhor! Além disso, ainda gera impacto na motivação, valorização e satisfação dos colaboradores na empresa.

Agora você já sabe o que é capital humano e como pode aplicá-lo na sua empresa. Comente aí: como você aplica ou pretende aplicar este conceito na sua empresa?

Compartilhe