Por lei, todas as empresas com mais de 20 colaboradores devem fazer o registro de ponto. Atualmente, isso é possível pelo método manual, mecânico, eletrônico ou ponto biométrico. De fato, todos eles são opções interessantes e que podem auxiliar uma empresa que está em busca de boas alternativas para a gestão interna de profissionais.

A terceira alternativa vem sendo escolhida por diversas empresas como seu método de marcação de horários, por causa de seus benefícios e por estar entre as opções mais modernas do mercado. Afinal, com o ponto biométrico cada colaborador terá que colocar a sua digital ou face, para comprovar que está cumprindo a sua jornada.

A dúvida, porém, é se a opção é realmente segura para as empresas. Neste artigo, vamos falar sobre as principais dúvidas do tema. O ponto biométrico faz a leitura da impressão digital do colaborador, identificando o profissional em um sistema e registrando o seu horário de expediente. Quer saber mais? Confira a partir de agora!

planilha - indicadores de RH

Como funciona o ponto biométrico?

Após a aquisição e homologação do relógio ponto, um profissional do RH da empresa deve fazer o registro das digitais de todos os colaboradores que farão a marcação de ponto por meio da biometria. São extraídos um número mínimo de características biométricas, tais como sulcos na pele.

A partir disso, é gerado um ‘template’ biométrico que vai representar cada colaborador. Dessa forma, sempre que o profissional inserir sua digital no relógio ponto, aparecerá o seu nome com a marcação do horário computado. Dependendo do modelo, o colaborador recebe na sequência um comprovante do Registro Eletrônico de Ponto (REP).

O template biométrico que foi gerado pelo registro da digital será armazenado na memória do relógio para consultas, lançamento das horas trabalhadas por cada profissional e fechamento da folha de pagamento. Todos os registros podem ser extraídos por meio de um arquivo de texto impresso ou salvo em pen drive pelo Fiscal do Trabalho.

Quando uma empresa está começando a usar esse sistema, após fazer a instalação e registrar as digitais dos colaboradores, deve instruí-los a sempre fazer a marcação no início e término do expediente. Assim como no início e término do horário de descanso, bem como qualquer outra pausa que o retire do trabalho.

O Pontoweb é um sistema interessante, porque ele possui armazenamento em nuvem e faz parte da chamada Internet das Coisas (IoT). Portanto, é um sistema completo, tanto em sua versão digital quanto em relógio fixo para batidas de ponto. Enfim, é uma maneira de evitar fraudes, já que a biometria é exclusiva e garantida por essa plataforma.

Como é feita a instalação de um relógio ponto biométrico?

A instalação do ponto biométrico é bem simples. Não é necessário conectá-lo a um computador, apenas a uma tomada de energia. O modelo da Ahgora é um dos mais inovadores do mercado, permitindo que os gestores passem a acompanhar informações dos colaboradores. E isso pode ser feito a qualquer momento, graças à computação em nuvem.

Os equipamentos podem ser colocados em qualquer área da empresa, o ideal é que seja um ponto de acesso fácil para os colaboradores. Mas normalmente são colocados em locais por onde os funcionários passam ao chegar ou sair da empresa. Assim, as informações ficam registradas no equipamento, mas, todo mês o RH deve extrair informações com um pen drive.

Porém, existem modelos hoje que facilitam o dia a dia do RH. Os equipamentos da Ahgora são conectados também à internet, por contar com tecnologia Internet das Coisas, seja por cabo ou cartão 3G. Desse modo, os gestores podem acessar os dados de qualquer lugar do mundo, basta que tenham conexão com a web.

É algo que facilita bastante a gestão, fazendo com que sobre mais tempo para o RH atuar de maneira estratégica. Aliás, em outros modelos é preciso baixar as informações de cada relógio manualmente e depois fazer o upload dos dados para o sistema, tornando o processo bem mais lento.

7 vantagens do ponto biométrico

As portarias 1510 e 373 trouxeram uma evolução no que diz respeito ao registro de colaboradores. Por meio delas foi possível desenvolver alternativas para modernizar e automatizar a gestão de ponto. Com isso, as empresas puderam escolher alternativas mais tecnológicas do que as utilizadas no passado, como é o caso do ponto biométrico.

Esse sistema foi desenvolvido de acordo com os parâmetros exigidos pelos órgãos fiscalizadores. Além disso, carrega tecnologia de ponta, com o objetivo de entregar o melhor resultado possível aos gestores. Com ele é possível economizar tempo, assim como apresenta outras vantagens. Confira agora 7 delas:

1.     Segurança

Talvez a principal vantagem do ponto biométrico em comparação com os outros modelos de registro seja a segurança. Afinal, como a biometria é algo único, fica muito mais difícil de fraudar e obter vantagens. Em grandes empresas isso passa a ser ainda mais importante, já que fica difícil avaliar a presença de todos os trabalhadores.

2.     Senhas não são necessárias

Quando os colaboradores possuem senhas para acessar os sistemas de registro de ponto é comum que eles memorizem. E isso pode ser um problema para o seu negócio, já que é possível passar esses logins para os colegas. Assim, é uma forma de fraudar as batidas, complicando a gestão.

Contudo, uma das principais vantagens do uso do ponto biométrico é a ausência de senhas. A leitura é feita muitas vezes pela impressão digital ou pelo reconhecimento facial, fazendo com que as senhas não sejam necessárias. Desse modo, é algo que torna o sistema menos acessível a falcatruas.

3.     Biometria digital

Adeus às senhas e às marcações em papel! O ponto biométrico faz a leitura da digital do colaborador, por esse motivo não é necessário o uso de senhas ou marcações manuais. Dessa forma, diminui as chances de erro e fraude na marcação de ponto, que podem causar passivos trabalhistas e outras condições adversas.

Você deve saber que a biometria é algo único, impedindo que fraudes sejam realizadas, como por exemplo um colaborador bater o ponto para outro. Ou seja, cada pessoa tem uma espécie de código biométrico, que é lido pelo sensor. Em seguida, os dados são armazenados e analisados pelos gestores.

4.     Integração

O sistema de ponto biométrico pode ser integrado com outros sistemas utilizados pela empresa, como o de gestão de pessoas, folha de pagamento, entre outros. Facilitando e automatizando o trabalho dos profissionais de RH, que ficam com mais tempo livre para atuar de maneira estratégica.

Essa integração permite que os dados armazenados no equipamento possam ser acessados de qualquer lugar do mundo. Desse modo, é algo excelente para as grandes empresas, que possuem unidades espalhadas pelo Brasil. Por exemplo, assim que um colaborador faz o registro de ponto no Recife (PE), a sede em São Paulo já tem acesso aos dados.

5.     Cumprimento das leis

Ter um relógio ponto homologado garantirá que a empresa está cumprindo com o que determina a legislação. Quando uma empresa com mais de 20 profissionais não faz o registro, pode sofrer penalizações, contudo, recomendamos o uso de ponto para aquelas que possuem mais de 10 colaboradores. Além disso, é uma forma de reduzir problemas com a Justiça do Trabalho, relativas ao registro de ponto.

6.     Custo-benefício

Empresas que não utilizam o ponto biométrico perdem tempo e dinheiro com os processos antigos. Entre eles aparecem a necessidade de comprar cartões magnéticos e administrar as marcações em livros de ponto. Aliás, essa segunda questão é um retrabalho, onde alguém precisa conferir todos os dados anotados.

O investimento em tecnologia é fundamental para uma empresa que pretende crescer, seja ela do setor varejista ou de construção civil. Assim, o registro de ponto digital é essencial, para que as marcações sejam precisas e verdadeiras, tornando o processo mais interessante.

7.     Sem cartão de marcação

Até certo ponto é comum que os colaboradores esqueçam os cartões de registro de ponto em suas casas. Esse é um problema que empresas dos mais variados tamanhos e segmentos podem enfrentar. Porém, com um ponto biométrico é possível evitar o problema, já que basta colocar o dedo ou a face no equipamento para registrar a presença.

O ponto biométrico é realmente seguro?

O caso de médicos que fraudavam os sistemas de ponto da rede de saúde do país ganhou destaque na mídia alguns anos atrás, e tem se repetido em outros órgãos públicos. A prática é bastante comum em sistemas onde o usuário insere uma senha para registrar o ponto.

Essa é uma das formas mais fáceis de burlar o sistema, pois a senha pode ser informada a outros profissionais. No sistema biométrico, porém, o profissional deve inserir a sua digital, o que dificulta as chances de fraude. A biometria exige que a digital do colaborador seja registrada, por isso não é possível que outro profissional faça o registro indevido.

Há, contudo, diferentes tipos de biometria digital, e alguns são mais seguros que outros.

Essa questão da segurança era uma das preocupações do Hospital Universitário de Florianópolis (HU). Eles chegaram a receber denúncias suspeitando da frequência dos funcionários. Para solucionar o problema e acompanhar em tempo real a jornada de trabalho dos colaboradores, o HU optou por uma aplicação fornecida pela Ahgora.

Outro exemplo que também pode ser citado é da Brayner, empresas que investiu no ponto biométrico com objetivo de otimizar os processos e torná-los mais seguros. Com a contratação do Pontoweb, a empresa atingiu seus objetivos e conquistou mais mobilidade para a marcação de ponto dos trabalhadores que atuam nos canteiros de obras.

Garanta a melhor opção ao lado do seu negócio!

A Ahgora oferece opções seguras para a gestão de ponto de seus clientes. Por meio de sua ferramenta de gestão em nuvem é possível fazer todas as suas formas de registro de ponto, com simplicidade, integração, segurança e economia. Ou seja, a empresa sai ganhando de diferentes maneiras.

Possuímos mais de 3 mil clientes e a sua empresa pode ser a próxima! Aproveite nossas ferramentas para garantir a melhor relação possível com os colaboradores, fazendo com que eles se sintam parte da equipe e contribuam com o desenvolvimento do negócio. Entre para o mundo digital e torne a gestão mais fácil.

Compartilhe

Leave your comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *