São diversos os benefícios do home office tanto para a empresa quanto para os seus colaboradores. Regulamentada a partir da nova Lei Trabalhista, que entrou em vigor em 2017, a modalidade está ganhando cada vez mais destaque nos negócios brasileiros e do mundo todo. Afinal, ao mesmo tempo em que aumenta a satisfação do colaborador, permite que as organizações economizem e reparem melhoras em sua produtividade.

Se preferir, você também pode ouvir o post. É só clicar no player.

 

Traduzido como “escritório em casa”, o home office é aquele em que o profissional desenvolve suas atividades em seu lar – eliminando a necessidade de se locomover até o escritório. Segundo pesquisas, 90% das empresas irão oferecer alguma possibilidade de trabalho à distância ao longo de 2020.

Outro levantamento demonstrou que grande parte dos colaboradores gostaria de trabalhar à distância. Dentre os benefícios do home office considerados mais atrativos para a geração Z, destaca-se a flexibilidade. Inclusive, esse fator costuma ser levado em consideração na hora em que o profissional precisa escolher uma empresa para trabalhar, superando até a questão salarial.

Este mesmo critério se torna benéfico para o RH, visto que estimula a atração e retenção de talentos. Isso significa que, em meio à busca constante e intensa por profissionais qualificados, quem oferecer tal possibilidade pode assumir a dianteira nessa disputa cada vez mais acirrada.

Mas afinal, quais são os benefícios do home office para as empresas? Destacamos abaixo 9 vantagens para as organizações e, ainda, 4 especificamente para os colaboradores que atuam nesse modelo. 

Leia cada um com atenção, pois eles farão você repensar a modalidade a partir de agora!

9 benefícios do home office para a sua empresa

1 – Aumento da produtividade da equipe

De acordo com pesquisas, o home office pode aumentar o desempenho dos profissionais em 13%. Diversos fatores colaboram para essa melhora. Um deles é que, por trabalhar em casa, são menores as distrações e interrupções de colegas e telefonemas. Portanto, a capacidade de concentração é elevada, tornando mais efetiva a entrega das atividades.

Outro motivo está relacionado ao conforto. Determinando um espaço específico para trabalhar dentro de casa, cria-se um ambiente agradável e silencioso para que o profissional  desempenhe suas tarefas. Além disso, é possível escolher os móveis mais adequados para garantir a ergonomia.

O colaborador, ainda, se sente mais confiante, pois o home office não deixa de ser uma espécie de recompensa e demonstração que a empresa confia nele para atuar à distância. Logo, ele se sente estimulado a produzir cada vez mais e melhor.

Desta forma, as empresas que temem adotar o home office e ver sua produtividade decair podem ficar tranquilas; pois, adotando as medidas corretas, tende a ocorrer o oposto.Inclusive, diversas ferramentas já permitem que gestor possa avaliar a performance dos colaboradores em home office.

Uma delas é o Ahgora Timesheet, em que o profissional realiza o apontamento das atividades X horas trabalhadas. Com isso, dá para visualizar perfeitamente a sua produtividade através da análise do tempo investido em cada tarefa.

ahgora timesheet ferramenta de gestão de tarefas integrada ao ponto eletrônico

2 – Diminuição da ocorrência de atrasos

No dia a dia, diversos fatores podem levar o colaborador a se atrasar para o trabalho, desde o trânsito até imprevistos com o despertador. Isso não apenas prejudica a entrega dos projetos, como pode retardar o início de reuniões e eventos importantes.

Com o home office, esse problema deixa de existir. Afinal, sem precisar de deslocamento, o colaborador já está no seu escritório. Ele necessita, apenas, ter o compromisso de começar suas atividades na hora combinada – a flexibilidade é uma vantagem, mas pode ser uma grande vilã ao se trabalhar de casa. 

3 – Maior flexibilidade de organização

Um dos benefícios do home office é o fato de permitir a flexibilidade de horário. É possível determinar quantas horas o colaborador deve atuar por dia, sem que isso envolva uma jornada de trabalho fixa. Isso porque, nesse modelo de trabalho, é comum que os colaboradores trabalhem por entregas e não sejam cobrados por horário. 

Para as empresas, isso é importante porque permite que o profissional atue na parte do dia em que ele rende mais. Caso seja no período da tarde e da noite, por exemplo, existe a liberdade para escolher esse horário e, assim, entregar suas tarefas adequadamente.

Com isso, o colaborador também se sente mais satisfeito. Afinal, poderá resolver outras questões, como ir ao banco e consultar um médico, sem faltar ou se atrasar ao trabalho.

4 – Redução de custos sociais e fiscais

O home office também oferece benefícios econômicos para ambos – empregadores e colaboradores. Alguns gastos, como deslocamento e alimentação fora de casa, se tornam desnecessários. Os custos fixos da empresa também tendem a diminuir, como:

  • Energia elétrica;
  • Água;
  • Internet;
  • Infraestrutura;
  • Limpeza.

Essa modalidade de trabalho ainda traz economia com os encargos sociais. 

5 – Garantia de conforto e bem-estar

Diversos fatores podem fazer com que o colaborador já chegue ao trabalho cansado – e até estressado – antes mesmo de o expediente começar, como engarrafamentos, atrasos e má alimentação. 

Com o home office, a maioria desses desgastes passam a ser evitados. Desta forma, ele ganha uma maior qualidade de vida – o que irá refletir diretamente na sua produtividade. Afinal, por estar mais confortável e sem tantas distrações, o profissional direciona melhor suas energias, bem como desenvolve ainda mais a sua criatividade.

6 – Geração de autonomia para o time

Esse é outro benefício do home office que faz a diferença para empresas e colaboradores. No momento em que o profissional tem mais liberdade, passa a criar maior capacidade de autonomia. Com isso, consegue focar mais em resultados e entregas, e não apenas na quantidade de horas trabalhadas.

Isso é vantajoso porque rompe a mentalidade de que cumprir uma jornada de trabalho com carga de horários específica é sinônimo de produtividade. A flexibilidade do home office permite que o colaborador possa perceber quais são os momentos de maior eficiência no trabalho, gerando maior independência ao trabalhar de casa.

7 – Segurança de contratações mais efetivas

Os profissionais qualificados e bem vistos pelo mercado estão cada vez mais seletivos na hora de decidir sobre sua carreira profissional. Mais do que um bom salário, eles buscam aquela função que proporciona mais qualidade de vida. Logo, a flexibilidade oferecida pelo home office pode ser benéfica na hora da contratação de pessoas talentosas.

Além disso, essa modalidade de trabalho é determinante para a retenção dos profissionais. Afinal, quanto mais felizes, satisfeitos e motivados eles estiverem, maiores são as chances de permanecerem na ocupação, desempenhando bem as suas atividades.

8 – Conformidade com a nova Lei Trabalhista

O home office já é reconhecido e regulamentado pela CLT, o que garante benefícios aos colaboradores e ao empregador. Com a entrada em vigor da nova lei, estão previstos os mesmos direitos trabalhistas e previdenciários de quem exerce o trabalho presencial.

Após a Reforma Trabalhista, a modalidade ganhou ainda mais visibilidade pelas empresas. Vale lembrar que a lei não enquadra os colaboradores externos, que precisam trabalhar “na rua”.

Há, na legislação, regras específicas com relação ao uso de equipamentos e à infraestrutura necessária para que o colaborador possa trabalhar sem qualquer prejuízo fora do ambiente físico da empresa. Esses detalhes devem ser analisados por ambas as partes e precisam ser devidamente documentados.

9 – Possibilidade de gestão a distância

O home office não se aplica apenas para coordenadores, gerentes e chefes, mas também para os colaboradores que colocam a “mão na massa”. Nesse sentido, a gestão à distância elimina a necessidade de estar presente no escritório para garantir que os profissionais entreguem suas tarefas diárias.

Existem tecnologias para a gestão de equipes espalhadas que permitem organizar melhor a agenda e, principalmente, avaliar o desempenho de forma individual. Alguns exemplos são:

Com o Ahgora Anywhere Office, as empresas têm a possibilidade de dar o primeiro passo na gestão remota de seus colaboradores. Para os negócios que já adotaram o home office como formato de trabalho, o pacote facilita a gestão de colaboradores que estão trabalhando de casa – ou de qualquer lugar. 

ahgora anywhere office, produto gratuito para gestão de equipe durante o surto de coronavirus no Brasil

Quais são os benefícios do home office para o colaborador?

Segundo pesquisas realizadas pelo Ibope, o número de pessoas atuando de forma remota cresceu muito, principalmente nos últimos 3 anos. Hoje, o home office já representa 20% dos profissionais brasileiros.

Há diversos fatores que estão levando os colaboradores a optarem por empresas que oferecem essa modalidade de trabalho. Os 4 principais são:

1 – Possibilidade de passar mais tempo com a família

Um dos benefícios do home office que mais atrai os colaboradores é o fato de poderem passar mais tempo com sua família. Isso porque, no momento em que não perdem tempo com deslocamento até o trabalho, conseguem administrar melhor os seus horários.

Além disso, durante o expediente, entre uma tarefa e outra, podem dar um abraço nos filhos, brincar um pouco e passear com o cachorro, por exemplo. Isso sem falar na possibilidade de fazerem as refeições juntos e com mais calma.

2 – Menos tempo no trânsito

Se tem algo que pode desgastar qualquer pessoa é o trânsito. Ter que pegar o carro ou ônibus todos os dias, encarar filas, ouvir buzinas, expor-se à poluição e estar sujeito a acidentes são alguns dos fatores que desencadeiam o estresse.

Atuando em home office, não há esse tipo de problema. A comodidade, inclusive, é um dos fatores determinantes para o sucesso e a grande procura por essa modalidade.

3 – Independência nas entregas

Um dos benefícios do home office – e que é visto como um diferencial – é a possibilidade do profissional planejar suas entregas. Esse formato garante independência, permitindo que ele estipule metas diárias e horários específicos para finalizar cada processo.

Se pretende entregar determinada tarefa até as 14 horas, por exemplo, basta se organizar e executar. É exigido, porém, muita disciplina para cumprir tais atividades.

4 – Definição do próprio horário

A flexibilidade de horário é, para muitos, um dos maiores benefícios do home office. Isso não significa que o colaborador pode trabalhar apenas quando quer. Mas sim que, caso seja mais produtivo no período da tarde, pode direcionar os seus esforços para essa parte do dia, otimizando ainda mais o seu desempenho.

Sendo assim, esse formato permite definir e organizar o horário que se deseja trabalhar, de acordo com o momento de maior concentração. Além de conciliar tudo isso com os compromissos pessoais e familiares.

Como colocar em prática o home office na sua empresa?

Agora que você já conheceu os benefícios do home office para empresas e colaboradores, é hora de colocá-lo em prática. Porém, não basta simplesmente oferecer a modalidade de um dia para o outro e achar que irá alcançar ótimos resultados.

Por mais que ele seja atrativo para a maioria das pessoas, é preciso avaliar com cautela quem efetivamente está preparado para atuar à distância. Afinal, esse formato exige responsabilidade, comprometimento e organização.

O planejamento também é importante. Uma dica é inserir aos poucos a opção, oferecendo para profissionais que sejam mais disciplinados ou então separando alguns dias apenas para o home office.

É essencial estabelecer regras claras, sejam elas sobre condutas, horários ou quantidade de tarefas que devem ser entregues por dia. O ideal é descrever tudo isso em contrato, para que sejam seguidas por ambas as partes.

Outro detalhe importante é em relação à infraestrutura de trabalho. Para que o colaborador consiga desempenhar suas atividades como se estivesse no escritório, ele precisa contar com os equipamentos adequados.

Aqui, não é essencial apenas disponibilizar computador e telefone corporativos, por exemplo; mas também as ferramentas e softwares utilizados na empresa. Portanto, é preciso avaliar com o pessoal de TI se é viável liberar esse acesso antes mesmo de oferecer os benefícios do home office para seu colaborador.

A gestão dos colaboradores também deve ser diária. Estabeleça metas claras e faça um acompanhamento de perto. Há diversas plataformas que possibilitam reuniões e videoconferências, como:

  1. Skype;
  2. Google Hangouts;
  3. ooVoo;
  4. Appear.in.

Desta forma, você também mantém a proximidade com a sua equipe, o que é fundamental para avaliar e garantir a sua motivação diária.

Apesar do conceito de home office ser o trabalho em casa, é possível promover alguns encontros presenciais, seja para oferecer um treinamento ou realizar avaliações de desempenho. Se for viável, incorpore esses momentos na pauta, pois isso ajuda a manter a união e o engajamento dos times.

A gestão de trabalho home office pode ser facilitada com o uso de ferramentas específicas para essa modalidade. Outra solução útil nesse processo é o Ahgora Multi, que permite fazer o registro de ponto via reconhecimento facial de maneira inovadora.

Apesar de o controle de ponto ser dispensável para o regime de trabalho remoto, o Ahgora Multi é ideal para equipes externas, pois permite o acompanhamento da jornada do colaborador, mesmo à distância. Logo, amplia a transparência na relação de trabalho – o que é importante para ambos os lados.

Clique aqui e conheça os benefícios que o pacote Anywhere Office pode oferecer para a sua empresa.

Compartilhe

Leave your comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *