A jornada flexível de trabalho é aquela em que os colaboradores têm liberdade para escolher como irão cumprir suas etapas laborais.

Ao invés de horários, datas e lugares bem definidos para a realização das tarefas, a modalidade prevê que o profissional determine quais são os meios e momentos mais adequados para resolver as suas responsabilidades.

Por exemplo, ao invés de exigir que todos os profissionais passem 8 horas diárias dentro do escritório, a empresa pode permitir que eles intercalem seus postos com o home office.

Além disso, é possível que as funções sejam desempenhadas nos horários em que cada indivíduo se sentir mais à vontade e produtivo. A partir disso, o controle é feito por meio de resultados, não de presenças.

Com isso, não só as pessoas ganham ao ter mais flexibilidade e poder de decisão sob suas atividades profissionais, como também a própria organização, que terá times mais engajados, satisfeitos e com um rendimento muito mais alto!  

Quer saber mais sobre o tema e como ele pode impactar a sua empresa? A seguir, confira como é a jornada flexível na CLT, quais as suas principais vantagens, contra indicações e melhores caminhos para sua implementação.

O que a lei prevê em relação à jornada flexível na CLT?

Por mais que a CLT ainda não tenha uma regulamentação precisa para a jornada flexível, ela abre possibilidades para o ajuste de horas, que é inerente a esse tipo de modalidade.

As interpretações que permitem os ajustes estão presentes nos artigos 7º, IV, VI, XIII C/C 59, §§2º e 6º. Além disso, as decisões judiciais na atualidade estão levando esse padrão de trabalho em consideração, favorecendo a flexibilidade das horas.

Porém, a jornada flexível só pode ser utilizada se o colaborador souber previamente sobre ela e expresse sua anuência em relação à sua aplicação. Da mesma maneira, o trabalho flexível pode ser negociado através de convenções ou acordos coletivos. Todavia, também é preciso o prévio conhecimento e expressa anuência sobre seus termos.

Outro ponto de suma importância está relacionado ao registro de ponto. Muitos acreditam que a jornada flexível dispensa o seu uso, especialmente durante a prática do home office.

Na verdade, a lei ainda obriga que as empresas com mais de 10 funcionários controlem a jornada de trabalho de seus colaboradores, seja ela presencial, remota ou flexível. Assim, o ideal é que o registro de ponto seja feito normalmente, para garantir o devido controle.

Além de possibilidade de optar pelo ponto mecânico, os negócios atualmente também podem aderir ao ponto eletrônico, que torna toda a gestão de batidas mais prática e acessível para postos remotos.

De forma resumida, a jornada flexível na CLT ainda é vaga, mas sua prática é devidamente autorizada sob os termos mencionados acima. Além disso, a jurisprudência tem se mostrado cada vez mais alinhada às empresas que a utilizam!

Quais os benefícios da jornada flexível para empresas e colaboradores?

Com base em todos os pontos mencionados acima, é evidente como a jornada flexível pode ser vantajosa para os negócios e seus colaboradores.

Entre os benefícios mais significativos da prática, destacam-se:

  • Mais liberdade para que os colaboradores planejem sua vida pessoal e autonomia para determinar o cumprimento de suas tarefas profissionais;
  • Possibilidade de que cada profissional escolha os seus próprios horários, dentro dos padrões que julgam mais produtivos;
  • Nenhum prejuízo em relação ao padrão do trabalho. Na verdade, ele é melhorado, já que os colaboradores se tornam mais engajados e avaliados por sua produtividade;
  • Diminuição de problemas relacionados a atrasos, ausências, entre outras questões características dos horários e locais rígidos de trabalho;
  • Melhor aproveitamento dos horários, que também diminui significativamente a necessidade de horas extras, bônus, entre outras necessidades e incentivos semelhantes;
  • Maior poder de decisão profissional, transparência e comprometimento junto à empresa, por meio de uma verdadeira relação de parceria entre colaboradores  e empregadores.  

Viu como vale a pena aderir à jornada flexível? Claro que, assim como em todos os segmentos do mercado, ela nem sempre pode ser indicada para sua empresa.

Por mais que isso seja raro, é importante compreender quais são as possíveis barreiras relacionadas à jornada flexível. Saiba mais no próximo item.

Existem desvantagens na jornada flexível de trabalho?

Antes de aderir à jornada flexível, reflita se a sua empresa é alinhada aos conceitos desse modelo de trabalho e se, eventualmente, ela não sofrerá dificuldades relacionadas a questões como:

  • Gestão mais complexa de pessoas;
  • Comunicação à distância e menos contínua entre colaboradores;
  • Mudança significativa na cultura organizacional;
  • Menor capacidade de supervisão.

Como mencionamos anteriormente, é raro que os negócios não consigam contornar limitações como estas. Se você concorda com essa afirmação, então confira na sequência os melhores meios de implementar a jornada flexível e garantir todos os seus benefícios!

Quais os melhores meios de implementar a jornada flexível?

Implementar a jornada flexível muitas vezes pode exigir mudanças profundas dentro das empresas. Por isso, é importante que tudo seja feito com cautela e sob alguns cuidados especiais.

Para aderir à jornada flexível da melhor maneira possível, procure seguir os seguintes passos:

  • Estabeleça qual será o modelo da nova jornada de trabalho, prevendo com precisão as suas regras e parâmetros;
  • Defina bem os períodos em que os profissionais deverão permanecer na empresa e em quais eles poderão trabalhar em home office;
  • Seja claro também quanto ao poder de decisão. Ou seja, se será o colaborador que definirá seus horários ou a empresa que irá propor o modelo de jornada flexível;
  • Faça um estudo e promova pesquisas internas para entender quais áreas e setores podem adotar o formato flexível. Afinal, certos cargos exigem abordagens presenciais, como no atendimento aos clientes, enquanto outros não;
  • Só depois de ter a proposta de jornada flexível bem elaborada, leve ela até os colaboradores, comunique seus benefícios e veja qual será a recepção geral sobre o assunto;
  • Caso os profissionais aceitem, não abra mão de formalizar tudo da maneira mais correta possível, prevendo os novos parâmetros em contrato. Não esqueça também de comunicar os sindicatos;
  • Utilize tecnologias de controle de ponto, principalmente se a sua empresa tiver mais de 10 funcionários. Por meio delas, é possível bater ponto via celular, tablet ou PC. A veracidade é confirmada por GPS e o controle é muito mais simples graças à automatização do sistema!

Trabalho do Futuro

Não é por acaso que a jornada flexível é uma das principais tendências de trabalho do futuro!

Por meio dela, é possível que a relação com as empresas se torne mais flexível e pautada na autonomia dos profissionais, de forma que todos fiquem mais satisfeitos e engajados com o sucesso da organização.

Assim, não é exagero afirmar que o modelo híbrido de trabalho se tornará cada vez mais importante para os negócios que desejam se destacar no mercado moderno. Assim, é possível ainda reter excelentes talentos e alcançar os melhores padrões possíveis de produtividade.

Com a solução Ahgora Timesheet, você conta com os melhores recursos para atender a essas e muitas outras necessidades! Quer conhecer a melhor tecnologia para garantir o sucesso da sua empresa na adesão da jornada flexível? Acesse o link e saiba mais! 

 

Compartilhe

Leave your comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *